Procure a matéria - Aqui

SLIDES



segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

Pai de Sarandi é preso após atear fogo em criança

Um homem foi preso na noite deste sábado pela Guarda Municipal de Sarandi depois de supostamente provocar queimaduras graves em uma criança de 7 meses. As primeiras informações dão conta que o homem seria o pai da criança e que teria provocado as queimaduras propositalmente.

Agentes da Guarda Municipal prenderam o homem de 36 anos e a mãe da criança, uma usuária de drogas que já perdeu a guarda de outras seis crianças.

Segundo a mulher relatou à polícia, o marido estava bêbado e começou uma discussão dentro da casa, no Jardim Novo Independência, o que levou o bebê a começar a chorar. O homem teria jogado Thinner na cama em que estava o filho e ateou fogo com um isqueiro.

O menino foi socorrido por um vizinho, que o levou em seu próprio carro para o hospital. De Sarandi, o garoto foi transferido para o Hospital Universitário de Maringá e encontra-se na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) aguardando vaga no Hospital de Queimados de Londrina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário