sábado, 7 de novembro de 2015

Mutirão paranaense vai ofertar 3 mil cirurgias eletivas para Apucarana e região

Foto: Divulgação SESA
O secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto, lançou nesta quinta-feira o Mutirão Paranaense de Cirurgias Eletivas em Arapongas. O lançamento aconteceu no Hospital João de Freitas, um dos prestadores com maior volume de procedimentos previstos. A expectativa é que em um ano sejam realizadas cerca de 3 mil cirurgias na região. 
Além do Hospital Regional, o mutirão também vai ser realizado na Santa Casa de Arapongas e no Hospital da Providência, de Apucarana. Durante o lançamento, o secretário anunciou ainda a incorporação de mais 13 milhões de reais para o mutirão paranaense de cirurgias, ampliando para 46 milhões de reais o volume de recursos do Governo do Estado a ser aplicado nos procedimentos. De acordo com Michele Caputo, o projeto vai reduzir o tempo de espera por procedimentos em diversas especialidades, como ortopedia e ginecologia. Na área de oftalmologia, o objetivo é zerar a fila de cirurgias de catarata. Durante a visita, o secretário anunciou também que a partir de janeiro do ano que vem o Governo do Paraná vai pagar 10 leitos de UTI no Hospital João de Freitas. Com apoio do Estado, o hospital ampliou e equipou a Unidade de Terapia Intensiva e aguarda que o Ministério da Saúde credencie 20 leitos a mais. Além disso, vai ser investido 1 milhão e meio de reais em novos equipamentos para o centro cirúrgico do hospital. 

De acordo com o secretário, intenção é fortalecer cada vez mais o sistema de saúde no Paraná. Pela manhã, o secretário visitou as obras de ampliação da 16ª Regional de Saúde, em Apucarana, e entregou 20 equipamentos de informática, que vão ser distribuídos para os 17 municípios da regional. O secretário também esteve na Santa Casa de Arapongas e entregou um novo monitor multiparamétrico, no valor de 21 mil reais, para o Hospital Municipal de Faxinal

Secretaria de Comunicação Social

Nenhum comentário:

Postar um comentário