quarta-feira, 4 de novembro de 2015

PALMAS - Morre mãe que matou o próprio filho

Garoto de 5 anos foi encontrado morto em Palmas no domingo (1º) (Foto: Reprodução/Facebook)
(Foto: Reprodução/Facebook)
Geisiane Camargo, de 24 anos, suspeita de matar o próprio filho de 5 anos, morreu nesta quarta-feira (4), segundo a Polícia Civil. Ela estava internada no Hospital Santa Pelizzari desde domingo (1º).

De acordo com o polícia, Geisiane matou o filho Vitor Gabriel Silveira Oliveira, com uma faca, e tentou o suicídio. Vitor usava próteses nas pernas e tinha problemas de locomoção. O crime foi no domingo no bairro Klubegi em Palmas, na região sul do Paraná. Segundo o hospital, Geisiane estava na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) desde que foi internada.

Conforme a Polícia Militar (PM), ela estava com um corte no pulso esquerdo e com vários vidros de remédios vazios ao lado quando foi encontrada. Ainda de acordo com a polícia, familiares contaram que Geisiane sofria depressão.
O delegado Getúlio de Morais Vargas, que investiga o fato, disse que foi informado da morte no começo da tarde desta quarta-feira. “Agora, o inquérito policial vai apurar as duas mortes”, afirma o delegado. Ele disse que, por enquanto, não tem mais detalhes das causas da morte de Geisiane.

O corpo da jovem será encaminhado, ainda nesta tarde, ao Instituto Médico-Legal (IML) de Pato Branco, no sudoeste do Paraná, para necropsia.

Comoção
O filho de Geisiane havia sido sepultado na tarde de segunda-feira (2) no Cemitério Municipal de Palmas. A morte causou comoção nas redes sociais. Uma clínica de fisioterapia que atendia a criança há cerca de quatro anos lamentou o fato.
O corpo de Vitor Gabriel foi encontrado pelo próprio pai, que é vigia e estava trabalhando, segundo a polícia. O pai chamou a PM. A casa da família foi periciada pelo Instituto de Criminalística, e a faca usada no homicídio foi apreendida e acrescentada ao inquérito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário