sábado, 13 de fevereiro de 2016

Bandidos assaltam Agência Bancária de Rio Branco do Ivaí


Fotos repassadas por WhatsApp

O Banco do Brasil na cidade de Rio Branco do Ivaí, foi assaltado por bandidos fortemente armados no início da tarde desta sexta-feira (12). Segundo a Polícia Militar (PM), a ação foi bastante rápida e durou cerca de 15 minutos.

Apesar das buscas por toda a região, até as 17h não havia pistas dos assaltantes e nenhum deles havia sido localizado. De acordo com o major Laércio Sagati, da PM, o roubo foi praticado por seis homens encapuzados e armados.
Enquanto um deles impediu a saída dos dois policiais militares do destacamento que fica a duas quadras do banco, os demais renderam os dois vigias e entraram na agência. O alvo era o cofre central. Mas, como a gerente não estava, eles levaram apenas o dinheiro dos caixas”, afirma Sagati.

Tiros disparados pelos ladrões destruíram uma das portas de vidro e atingiram um veículo. Enquanto estavam no banco, eles obrigaram cerca de dez pessoas a formar um cordão de isolamento para protegê-los de qualquer abordagem da polícia.

Na saída, colocaram dois reféns em cima de um veículo e levaram outros dois reféns no interior do automóvel. Testemunhas disseram que um outro carro aguardava o grupo nas proximidades”, completou o major, ao lembrar que a ação foi bastante semelhante à usada no assalto a dois bancos em Borrazópolis, também no norte, em julho de 2015, e em Curiúva, em janeiro.

Para escapar, os assaltantes seguiram por estradas secundárias que dão acesso a cidades no entorno da Serra do Cadeado, em direção a Ivaiporã. Eles fugiram levando coletes e armas dos vigias. “Esta estratégia, com a escolha da rota de fuga e o tempo da ação, é usada para evitar que reforços de cidades vizinhas cheguem a tempo de impedir o assalto ou mesmo que escapem”, explicou Segati.

Os quatro reféns foram deixados na região da comunidade de Rio Novo. Nenhum deles foi ferido. Também não houve troca de tiros entre a polícia e os assaltantes. Ainda conforme a polícia, a placa de um dos veículos usados na fuga é de Curitiba, porém clonada.

Não é possível afirmar que estes assaltantes fazem parte da mesma quadrilha presa em janeiro. Mas o modo de agir é bastante semelhante”, apontou o oficial. O banco não informou a quantidade de dinheiro levada pelos assaltantes.

Com informações de Fabiula Wurmeister e Erick Gimenes do G1 Paraná

VEÍCULO RECUPERADO  
O veículo utilizado pela quadrilha foi recuperado ainda no dia 12 de fevereiro, de 2016, às 13:20 horas em Rio do Tigre, mas precisamente em uma estrada que dá acesso a Rio Novo, nas dependências da Fazenda Horizonte em uma ribanceira. Trata-se de uma Renault/ Duster de placas AXO-1827. Como o local é de difícil acesso, não foi possível retirar o carro do local, por isso foi acionado um guincho especial para realizar o serviço no sábado, dia 13 de fevereiro. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário