quarta-feira, 20 de abril de 2016

BOLETIM DA DENGUE - Conforme o último boletim a Dengue avança no Paraná

Segundo o boletim, a cidade de Borrazópolis não foi registrado casos de Dengue

Nesta terça-feira (19), a Secretaria Estadual da Saúde divulgou um novo informe sobre a situação da dengue, da febre chikungunya e do zika vírus no Paraná. Apesar do fim do verão, o número de casos segue aumentando e mais quatro municípios entraram em epidemia de dengue, sendo: Jardim Olinda, Santo Antônio do Caiuá, Cambé e São Sebastião da Amoreira.
O boletim desta semana revela que o Estado já registra 34.050 casos de dengue. São 9.657 ocorrências a mais do que no informe anterior.

Foram confirmadas 6 novas mortes por dengue, totalizando 40 desde agosto do ano passado. Quanto a contaminação por zika vírus, foram confirmados 248 casos no Paraná no mesmo período, e 50 pessoas foram diagnosticadas com a febre chikungunya.

Em toda regional da saúde de Apucarana tem 163 casos; Em Apucarana foram confirmados 62 casos de dengue, em Ivaiporã tem 662 casos notificados e 23 casos confirmados, já em Borrazópolis no ano passado viveu uma epidemia de Dengue, e nesse ano no último boletim não foi registrou nenhum caso. 

Lista completa das cidades que estão com epidemia de dengue no Paraná: 
Paranaguá, Assaí, Rancho Alegre, Santa Cecília do Pavão, Mamborê, Medianeira, Santa Terezinha de Itaipu, Boa Vista da Aparecida, Munhoz de Mello, Santa Helena, Foz do Iguaçu, Ibiporã, São Miguel do Iguaçu, Cafelândia, Cambará, Itambaracá, Capanema, Jataizinho, Santo Antônio do Paraíso, Quedas do Iguaçu, Sarandi, Colorado, Braganey, Tapira, Leópolis, Serranópolis do Iguaçu, Pérola, Planalto, Porecatu, Nova Santa Rosa, Bela Vista do Paraíso, Santa Isabel do Ivaí, Centenário do Sul, Marialva, Ampére, Sertanópolis, Capitão Leônidas Marques, Itaipulândia, Corbélia, Londrina, Nova Aliança do Ivaí, São Jorge do Ivaí, Paiçandu, Jardim Olinda, Ivaiporã, Antonina, Floresta, Florestópolis, Iguaraçu, Tuneiras do Oeste, Guaraci, Missal, São Sebastião da Amoreira, Santo Antônio do Caiuá, Matelândia, e Cambé.

Nenhum comentário:

Postar um comentário