sexta-feira, 1 de julho de 2016

Final do maior evento esportivo do Paraná começa nesta sexta-feira

Foto: Gil Riguette
Depois de movimentar mais de 50 mil alunos-atletas em todo o Estado com as fases municipais, regionais e macrorregionais, os Jogos Escolares do Paraná chegam à grande final a partir desta sexta-feira, em Apucarana. Serão cerca de cinco mil pessoas envolvidas nas disputas com atletas entre 12 e 14 anos. 

A abertura será às 19h no Complexo Esportivo Lagoão, com o desfile dos representantes dos 32 Núcleos de Educação do Estado. A partir de sábado (2) começam as disputas das 15 modalidades regulares e outras seis modalidades para alunos com deficiência. Os Jogos Escolares do Paraná são realizados pelo Governo do Estado, por meio das secretarias da Educação e do Esporte e do Turismo, em parceria com os municípios. 

Foto: Gil Riguette
O envolvimento comunitário nos Jogos Escolares é total. Por isto, eles são uma mostra viva e emocionante de que, com as diretrizes e os objetivos delineados pelo Governo do Estado, a promoção do desenvolvimento social, do qual o esporte é um agente importante, se dá de forma coletiva”, destaca o governador Beto Richa. “Fico muito feliz com os resultados até aqui conseguidos pelos Jogos Escolares e tenho certeza que deles virão importantes vitórias para todos os participantes e para o Paraná. Parabéns a todos.” 

Os números da competição impressionam. As 863 equipes que garantiram classificação representam 179 cidades, ou seja, mais da metade do Estado estará representada na final. Pelo menos 530 escolas estarão presentes, entre elas 45 unidades de ensino que trabalham com alunos com algum tipo de deficiência. 

"Esta competição é muito importante, é dos Jogos Escolares que saem os atletas que mais tarde irão representar o País em competições internacionais. Se não se tornarem atletas, certamente serão cidadãos melhores, mais saudáveis", diz o secretário de Estado do Esporte e Turismo, Douglas Fabrício. 

INCLUSÃO - A maior competição do Estado é um exemplo de inclusão social. Entre as 496 escolas participantes estão 368 públicas e 125 particulares, que competem em condições de igualdade. Alunos com deficiência também têm espaço participando dos jogos com modalidades especial como a bocha adaptada e o golf 7, além de atletismo, xadrez, futsal, basquete, natação judô e tênis de mesa. 

Com informações de Rodrigo Arend da A.E.N. do Paraná

Nenhum comentário:

Postar um comentário