segunda-feira, 19 de setembro de 2016

TSE divulga simulador de voto nas eleições 2016


Com o objetivo de familiarizar os eleitores com o funcionamento das urnas eletrônicas, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) disponibilizou na internet o Simulador de Votação na Urna Eletrônica. A ferramenta permite que o eleitor treine a votação da mesma maneira como vai acontecer no dia do pleito, mas com candidatos fictícios.



Para acessar o sistema, (CLICA AQUI), ou basta entrar no site do TSE, na aba “Eleições 2016”, e clicar em “Simulador de votação”. Lá, o usuário deve escolher o tipo de eleição que deseja simular. A ordem de votação é a mesma no dia da eleição. Vota-se primeiro para vereador, depois para prefeito. Com o intuito de tornar a simulação mais didática, o TSE desenvolveu uma lista de candidatos e partidos fictícios (Partido dos Esportes, Partido dos Ritmos Musicais, Partido das Profissões, Partido das Festas Populares e Partido do Folclore). Ela fica no topo do simulador da urna eletrônica. Para navegar, é só usar as setas para a direita e para a esquerda na filipeta de candidatos no alto da página.

Como votar
Usando o teclado da urna, que é similar ao de um telefone, o eleitor precisa somente digitar o número
do candidato ou do partido de sua preferência. Na tela, surgirão a foto, o número, o nome e a sigla do
partido do candidato. Caso as informações estejam corretas, basta clicar na tecla verde "CONFIRMA".

Se não aparecerem na tela todas as informações sobre o candidato escolhido, o internauta pode corrigir o voto, apertando a tecla laranja “CORRIGE”, para, então, repetir o procedimento anterior.
Caso queira votar em branco, basta selecionar a tecla “BRANCO” e confirmar o voto apertando a tecla verde “CONFIRMA”.

Caso o internauta digite um número de candidato ou de partido inexistente e, em seguida, aperte a
tecla verde “CONFIRMA”, ele automaticamente anulará o seu voto. 

Após o registro do voto para todos os cargos, a urna emitirá um sinal sonoro mais intenso e prolongado e aparecerá na tela a palavra “FIM”. (TSE)

Nenhum comentário:

Postar um comentário