quarta-feira, 19 de outubro de 2016

APAE de Kaloré no combate a dengue


Tendo em vista a epidemia de dengue que assolou o nosso país e a aproximação do verão, período de maior proliferação do mosquito AEDES AEGYPTI, a Escola de Educação Especial "Leandro Keller" (APAE), do município de Kaloré, executou  um projeto de preservação da saúde.

Com o objetivo de levar o máximo de informações sobre os riscos e males causados à população quanto a irresponsabilidade do não combate ao mosquito da dengue, as atividades auxiliaram na identificação do mosquito transmissor, bem como no conhecimento sobre formas de contágio, prevenção e tratamento.

"Ao motivar os alunos e comunidade sobre os cuidados simples que cada um pode ter em casa, desenvolvendo  hábitos de higiene que ajudem a prevenir doenças alcançamos nossos objetivos", afirmou a Pedagoga Alessandra.

O projeto contou com a contribuição de profissionais da saúde, que atuam em campo combatendo o agente transmissor. Estes proferiram palestra na Escola e explanaram sobre as diferenças entre a Dengue, Zika e Chikungunya, alertando sobre os sintomas e mostrando ovos, larvas e o mosquito in vitro aos alunos. 

Professores e alunos mobilizados realizaram a brigada de combate a dengue pelos arredores da escola, no intuito de preservar o ambiente mais próximo da comunidade escola. Na praça pública, próxima ao estabelecimento de ensino, puderam constatar o quanto a população ainda não tem consciência dos riscos da dengue, pois foram encontrados vários focos do mosquito em meio a tanto lixo jogado pelos usuários.

Ao longo do projeto diversas atividades foram realizadas, tais como: aulas expositivas com leituras de textos informativos, projeção de  filmes, pintura, colagens, desenhos, pesquisa de frases, caça-palavras, cruzadinhas e confecção de placas informativas, que foram colocadas em  locais públicos.


Fonte: Assessoria de Comunicação do NRE-Apucarana

Nenhum comentário:

Postar um comentário