domingo, 4 de dezembro de 2016

B.O - Ocorrências registradas em Borrazópolis 03 e 04/12/16

A Policia Militar de Borrazópolis, registrou neste sábado, 03, e na madrugada deste domingo, 04, seis ocorrências, confira a nota na íntegra.

INFRAÇÃO DE TRÂNSITO - Conduzir Veículo Automotor Sob a Influência de Álcool  
A equipe foi acionada para atender uma situação de acidente de transito na Av. José Naline – Frente ao Supermercado Valério, no local foi constatado que dois veículos sendo um VW/Santana conduzido por um homem de 28 anos, e um VW/Gol conduzido por um homem habilitado, havia se colidido. 
Na verificação, o veículo VW Gol estava com débitos junto ao Detran, por este motivo o veículo foi recolhido ao pátio para futura regularização, já no veículo VW Santana estava em dia junto ao Detran, porem o condutor estava visivelmente embriagado, e não possuía a habilitação, foi perguntado ao mesmo se desejava realizar o teste do bafômetro, e o mesmo disse que “não”. Diante dos fatos o homem de 28 anos recebeu voz de prisão pelo crime de “embriaguez ao volante” e conduzido a Delegacia de Faxinal para os procedimentos cabíveis e o veículo também foi recolhido ao pátio do Detran por não haver nenhum condutor habilitado para retirar do local.

ROUBO – Posto é roubado  
Por volta das 03:30 hs deste sábado, 03, a equipe policial foi acionada para atender uma ocorrência de “roubo” contra o Auto Posto Borrazópolis
No local o frentista do posto informou que chegaram dois homens solicitando um galão para abastecimento, momento em que um dos homens o rendeu com uma faca e outro fez menção de estar armado com a mão na cintura, eles efetuaram roubo de uma certa quantia em dinheiro e um celular que pertence a outra vítima um homem que se encontrava no local. Momento em que ambos os indivíduos saíram em uma motocicleta que se encontrava próximo ao posto sentido a cidade de Kaloré. Perguntado as características de ambos as vitimas apenas souberam precisar que estavam em uma motocicleta 125 cilindradas porém não informaram o modelo e as vestes que um deles se encontravam com blusa, porém sem precisar a cor. Imediatamente a equipe saiu em diligencias sentido a cidade de Kaloré através da PR 466 e vicinais, porém sem êxito.

INFRAÇÃO DE TRÂNSITO – Conduzir caminhão sem a CNH  
A equipe em patrulhamento pelo endereço acima A PM avistou um caminhão GM/C6503 em atitude suspeita na Rua Rio Grande do Sul, ao ser abordado o condutor de 18 anos, informou que não possui habilitação, a equipe verificou a situação do veículo o mesmo estava em dia junto ao Detran, diante dos fatos foi solicitado que o mesmo apresentasse um condutor habilitado para a categoria do veiculo, sendo apresentado o condutor e orientado as partes o veículo foi liberado e as notificações pertinentes lavradas assim como toda a documentação pertinente. 

INFRAÇÃO DE TRÂNSITO – Conduzir veículos com débitos  
Esta equipe de serviço em patrulhamento pela Rua Pernambuco avistou um veículo em atitude suspeita sendo um veículo Ford/Escort Gl de placas do Município de Piraquara/PR, ao ser abordado o condutor de 29 anos, era habilitado, a equipe verificou a situação do veículo e o mesmo em débitos junto ao Detran, diante dos fatos o veículo foi apreendido e encaminhado ao pátio e as notificações cabíveis foram lavradas.
Já na Avenida Brasil, a equipe avistou um veículo VW/Passat em atitude suspeita sendo ao ser abordado o condutor de 29 anos habilitado, a equipe verificou a situação do veículo e o mesmo encontra-se em débitos junto ao Detran. Diante dos fatos o veículo foi apreendido e encaminhado ao pátio e as notificações cabíveis foram lavradas.

FATO NÃO CONSTATADO – Reclamação de som alto  
Na última ocorrência, a equipe foi informando que havia uma denúncia de uma mulher moradora na Rua São Paulo, que em uma lanchonete “Xavier” havia um som alto. De imediato a equipe se deslocou até o local, e não foi constatado nenhum som alto, e a lanchonete já se encontrava fechada, porém havia uma aglomeração de pessoas em frente a lanchonete conversando. A equipe fez um PB no local em seguida saiu para patrulhamento, quando novamente houve um chamado via COPOM afirmando que a solicitante estava reclamando que a equipe não havia ido ao local. Momento que a equipe retornou e parou por alguns instantes, porém ninguém procurou a equipe para afirmar a veracidade do som alto. Solicitado ao Copom o número de telefone da solicitar para entrar em contato, a equipe foi informado que a solicitante havia recusado fornecer o número. Em seguida foram confeccionados os documentos pertinentes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário