quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Temer determina atuação das Forças Armadas dentro dos presídios

Resultado de imagem para temerAs Forças Armadas vão atuar dentro dos presidios para detectar e apreender armas. A determinação é do presidente, Michel Temer, e foi anunciada após reunião com o Sistema Brasileiro de Inteligência. A intenção do governo é implementar medidas para solucionar a crise no sistema penitenciário brasileiro.

De acordo com o porta-voz do presidente, Alexandre Parola, os militares vão trabalhar com equipamentos eletrônicos e fazer inspeções periódicas nas penintenciárias. Ele explicou também que cabe aos governadores pedirem o auxílio do efetivo federal.

Mas a assessoria do Palácio do Planalto informou que os homens do Exército, da Marinha e da Aeronáutica não vão lidar diretamente com os presos. O trabalho direto com eles compete aos governos estaduais. A presença dos militares vai ser coordenada pelo Ministério da Defesa, que vai definir quanto tempo a medida deve durar.

Além disso, os órgãos de Inteligência, como Agência Brasileira de Inteligência, Polícia Federal, da Polícia Rodoviária Federal, vão atuar em conjunto para combater o crime organizado. E esses órgãos terão uma comunicação mais próxima com os setores de inteligência dos estados.

O Executivo também vai criar um Comitê de Integração e Cooperação, que será composto pelos ministérios da Justiça, da Defesa e o Gabinete de Segurança Institucional. As pastas vão trabalhar em parceria como foi feito durante os Jogos Olímpicos no ano passado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário