segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Polícia Ambiental de Apucarana apreende peixes e materiais de pesca em Borrazópolis


Através de uma denuncia a Polícia Ambiental de Apucarana conseguiu apreender treze redes de tarrafas e uma espingarda neste domingo (26) em Borrazópolis.

De acordo com o Soldado Murilo e Sargento Patrício, 8 pessoas estavam em um acampamento improvisado na localidade do Bairro Fogueira, praticando a pesca com apetrechos e porte de arma de fogo em local proibido.

Durante as buscas feitas no local, foi localizada pela equipe, dois espinheis, treze redes de pesca sendo de malhas 05 cm, 06 cm, 08 cm, 10 cm, 13 cm, 15 cm, 23 cm e 01 (uma) tarrafa malha 05 cm, espingarda calibre 0.22 com silenciador e luneta, além de 75 munições intactas.

Também foram encontrados aproximadamente dois quilogramas de pescados (cascudos, tambius, mandi e um campineiro), tais peixes haviam sido pegos com as referidas tarrafas, e já estavam prontos e temperados para o consumo. 
Perguntado aos abordados quem seria o responsável pelo material, uma das pessoa assumiu ser dona dos peixes, também assumiu ser a dona da espingarda.  Também havia uma rede de aproximadamente 10 metros de comprimento armada as margens do Rio Ivaí. Diante dos fatos, as pessoas foram orientadas a se retirarem do local, por estarem em período de piracema e por se tratar de local proibido para pesca (Corredeira), e foram conduzidas até a 53ª Delegacia de Polícia de Faxinal para a adoção das medidas cabíveis. 

Piracema
A proibição da pesca de espécies nativas no Paraná, a chamada piracema, termina nesta terça-feira (28). Apesar disso, o Instituto Ambiental do Paraná (IAP) lembra que mesmo com o fim da restrição à atividade ainda existem regras ambientais que precisam ser cumpridas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário