terça-feira, 21 de março de 2017

B.O - Quatro ocorrências foram registradas em Borrazópolis

 Furto Qualificado 
Por volta das 15:45hs desta segunda-feira, 20, a equipe foi solicitada para comparecer em sua residência no Rua João Marcelo Cardoso, no Jardim Bela Vista. No local foi feito contato com a solicitante onde relatou que ao chegar em sua casa, se deparou com a porta da frente arrombada e que ao adentrar a mesma, notou que lhe fora subtraído gêneros alimentícios, como segue R.O.D. Diante dos fatos a equipe fez buscas em toda área porém nenhum suspeito fora encontrado até o momento. 

 Ameaça e Furto 
Compareceu ao DPM a solicitante de 22 anos, a qual informou que na data de 17/03 por volta das 19h40min à pessoa conhecido por vulgo “Nego Mau” foragido da cadeia de Faxinal, chegou à sua residência que fica localizada na Rua Amazonas, a ameaçando e fazendo menção de estar armado e dizendo que ele permaneceria no local e caso ela avisasse a polícia o mesmo a mataria. Relata ainda que por medo das ameaças, saiu da residência e compareceu somente na manhã de desta segunda, informando os fatos a equipe policial. Ao retornar na residência no período da manhã, o mesmo não se encontrava mais no local e casa estava toda revirada e sentiu falta de alguns pertences, sendo algumas roupas e perfumes. 

 Infração de transito 
Em patrulhamento pela Avenida Brasil por volta das 14:23hs, a equipe se deparou com uma motocicleta Honda bros da cor preta em atitude suspeita, realizada a abordagem foi identificado o condutor tinha 17 anos e após consulta junto ao COPOM constatou-se que a motocicleta possui débitos junto ao Detran. Diante dos fatos a moto foi encaminhada ao pátio do DPM e tomada todas as providências cabíveis.

 Violação de Domicilio 
A equipe deslocou na rua Alagoas para atendimento de uma invasão a domicilio. Ao chegar no local foi feito contato com o morador de 57 anos, onde o mesmo relatou que era por volta das 21:35 hs um homem, teria pulado em seu quintal e que o mesmo teria vindo de terrenos de vizinhos próximos. A vítima disse que ao ver o homem chamou seus familiares onde conseguiram conter o mesmo, que estava em visível estado de embriagues, e posteriormente ligado 190. Diante dos fatos foi perguntado para vítima se teria interesse em representar, o mesmo disse que não. Ambas as partes foram orientadas e confeccionado a documentação cabível.

Nenhum comentário:

Postar um comentário