segunda-feira, 31 de julho de 2017

75% dos municípios destinam resíduos para aterros licenciados

Borrazópolis está em dia com o Aterro Sanitário

A maioria dos municípios paranaenses já destina seus resíduos sólidos urbanos para aterros sanitários devidamente licenciados. Dos 399 municípios, 75% estão nesta condição. A informação é do Instituto Ambiental do Paraná (IAP), que divulgou nessa segunda-feira (31) a atualização do “Relatório da Situação da Disposição Final de Resíduos Sólidos Urbanos no Estado do Paraná”.

O relatório fornece informações sobre a destinação do lixo em cada um dos municípios. O documento aponta que, além das 301 cidades que destinam seus resíduos de maneira regular, 19% (74) destinam seu lixo para aterros sanitários controlados – que possuem o mínimo de controle ambiental, como isolamento, acesso restrito, cobertura dos resíduos com terra e controle de entrada de resíduos – e 6% (24) ainda se utilizam de lixões.

O documento do IAP mostra, também, que a maioria da população paranaense (82%) é atendida por uma correta destinação dos seus resíduos. O restante é atendido por aterro sanitário controlado (16%) e apenas 2% ainda destina em lixão. A coordenadora do estudo lembra que é preciso que as pessoas comecem em casa. Considerando que, de acordo com Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe) a produção de lixo por pessoa no Sul do país é de 1,07 quilo/ dia, o Paraná produz 11.186 toneladas de Resíduos Sólidos Urbanos, diariamente.

LIXÕES - Na regional de Ivaiporã, na qual as cidades do Vale do Ivaí estão inseridas, as cidades de Marumbi, Rio Bom e Rio Branco do Ivaí, depositam os resíduos sólidos em lixões. 

ATERROS CONTROLADOS - As cidade de Marilândia do Sul, Novo Itacolomi, Faxinal, Cruzmaltina, Lidianópolis e Grandes Rios depositam seus resíduos em aterros controlados.

ATERRO SANITÁRIO - As cidades que estão em dia com o aterro sanitário, são as cidades de São Pedro do Ivaí, Kaloré, Mauá da Serra, Borrazópolis, São João do Ivaí, Lunardelli, Godoy Moreira, Jardim Alegre, Ivaiporã, Rosário do Ivaí, Arapuã, Ariranha do Ivaí, Manoel Ribas e Cândido de Abreu.

O Relatório na íntegra pode ser acessado AQUI

Nenhum comentário:

Postar um comentário