quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Sargento Gilmar Soares recebe "Medalha de Sangue" da Polícia Militar

Durante Cerimônia em comemoração dos 163 anos da Polícia Militar do Paraná, o Sargento Gilmar Soares recebeu "Medalha de Sangue" em virtude de ferimentos sofridos durante uma ocorrências no ano de 2009  


Sargento Gilmar Soares
A Polícia Militar do Paraná (PMPR) comemora seus 163 anos de existência com bom trabalho prestado para toda a população paranaense. E nesta quinta-feira, 10 de agosto de 2017, a 6º Companhia Independente da Polícia Militar de Ivaiporã realizou nesta manhã, uma formatura militar com entrega de medalhas de "ouro" para policiais com 30 anos de serviço, "prata" 20 anos de serviço, "bronze" para 10 anos de serviço, e de sangue para os policiais feridos em combate. A formatura contou com a presença do major Laércio Sagati, familiares dos agraciados, que lhes entregaram as medalhas, em um gesto de carinho e orgulho.

No evento o Sargento Gilmar das Graças Soares que comanda o destacamento de Borrazópolis, foi condecorado com a "Medalha de Sangue", em virtude de ferimentos sofridos no ano de 2009 durante uma ocorrência na Rodovia do Milho após uma operação para verificar um roubo no Sítio do Conhecido Gersão no Bairro Ponte Preta onde estava acontecendo um furto de gado.

Na época o Sargento Gilmar e o Soldado Roberto Carlos dos Santos foram recebidos com tiros de fuzil e pistola calibre .40. Durante o confronto, Gilmar levou um tiro no ombro e o soldado Roberto Carlos dos Santos ficou ferido com um tiro na cabeça, que infelizmente veio a falecer com sequelas devido aos ferimentos.

No ano passado o Sargento Gilmar recebe a “Medalha de Bronze” pelos  10 anos de serviços prestados a toda comunidade de Borrazópolense.

O Borrazópolis Notícias parabeniza a todos os nossos valorosos policiais, que com intenso trabalho e superação, honram o nome da Polícia Militar do Paraná.

A Medalha Policial Militar foi criada pela Lei 1.948 de 1920, é uma honraria feita a policiais e bombeiros militares para homenageá-los pelos excelentes serviços prestados à corporação ao completarem 20 ou 10 anos de carreira, prata e bronze respectivamente. Para ser condecorado é preciso que o policial ou bombeiro tenha um bom desempenho em suas funções. 

Medalha Coronel Dulcídio é uma condecoração voltada a agraciar aqueles que melhor se classificaram no Curso de Formação de Oficiais (CFO). 



Nenhum comentário:

Postar um comentário