segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Prato típico de Borrazópolis foi lançado na Amuvitur


No dia 15 de setembro, de 2017, sexta-feira, foi realizada, em Borrazópolis, na Fazenda Solar Águas do Ivaí, de propriedade do Fábio Couto Rosa, no Bairro Santa Terezinha (As margens do Rio Ivaí), a reunião ordinária da AMUVITUR - Associação dos Municípios do Vale do Ivaí Turismo. O evento contou com a presença de autoridades da região, entre elas, o vice-prefeito Renato Camargo, de Grandes Rios; vice-prefeito Cir Albieri, de Jandaia do Sul; o vice prefeito Joel Gralak e o prefeito Adilson Luchetti, de Borrazópolis; a coordenadora estadual de Turismo Rural da Emater, Ivaldete Zarpellon, de Ivaiporã, vereadores da região, em especial, representantes do legislativo de Borrazópolis: Otair Aparecido da Silva Senes, o "Dominado"; Wellyngton Jhonis Valentim; Osvaldino Mendes da Silva (Bazuca) e o presidente da câmara, Marcelo Pires Rodrigues. Durante o evento, a secretaria de agricultura de Borrazópolis, representada pelo Alessandro Canello e o secretário Adriano Tavares; com apoio do Leandro Cividini, da Emater, e a veterinária Ana Paula e outros servidores públicos municipais, fizeram o lançamento do prato típico de Borrazópolis, que levou o nome de "Porco à Catugiense", que tem entre os seus ingredientes: Arroz; mandioca, porco frito e salada de tomate. "É importante ressaltar que esse não é o prato típico dos funcionários da secretaria de agricultura, mas sim o prático típico de Borrazópolis, o qual foi definido e escolhido, após uma pesquisa, inclusive, observando a história do município", disse a Alessandro Canelo. 
"O Brasil tem vivido uma crise, e nossa cidade também tem enfrentado dificuldades, por isso, adotamos algumas medidas e estamos cortando gastos, mas é nesta hora que precisamos encontrar caminhos alternativas, e uma delas é o turismo e inciativas como estas, que sempre vamos apoiar", disse a Rádio Nova Era, o prefeito anfitrião, Adílson Luchetti. O repórter Ronaldo Senes, também ouviu outros participantes, como: Marcos Vielevski, da Indústria e Comércio, de Ivaiporã. Ele afirmou que a região conta com um grande potencial turístico e outras alternativas para gerar renda. Falou ainda do projeto ousado que Ivaiporã encampou, que foi a construção do Abatedouro da Jaguafrangos, com investimentos milionários e geração de centenas de empregos. Logo após o almoço, a Diretoria da AMUVITUR, com membros vindos de Apucarana, Grandes Rios, Lidianópolis, Lunardelli, Ivaiporã, Kaloré, Jardim Alegre, Jandaia, Faxinal, Mauá da Serra e outras cidades, fez uma reunião fechada para debater temas de interesse da entidade, um deles, é a crianção de uma rota do Turismo na região, que teria como um dos pontos de visitação, a Fazenda Solar Água dos Ivaí, um paraíso que pertence ao empresário Fábio Couto e que conta com uma pousada mobilhada com móveis rústicos, chalés e casas indivíduos para aluguel, além da "Casa de Vidro", um local interessante para momentos especiais e finos em plena zona rural. A propriedade passa a ser aberta ao público e deve integrar os pontos turísticos do Vale do Ivaí. CONVITE - LUNARDELLI: Durante o evento, o Francisco, de Lunardelli, aproveitou para entregar o convite do  Primeiro Seminário do Turismo Religioso e Geração de Renda, de Lunardelli. Ele será realizado  nos dias 25 e 26 de setembro, de 2017, sempre a partir das às 19 horas, no Santuário de Santa Rita de Cássia.     (Texto - Ronaldo Alves Senes, o "Berimbau"). 

Nenhum comentário:

Postar um comentário