quinta-feira, 15 de março de 2018

PT Londrina divulga nota lamentando morte de Vereador do Rio

O Partido dos Trabalhadores da cidade de Londrina, repudia veementemente o crime covarde que retirou a vida da vereadora carioca Marielle Franco do PSOL/RJ, e Anderson Pedro Gomes, motorista que a acompanhava, crime com características de execução encomendada. Violência que acontece no mesmo estado sob intervenção militar , levada a cabo pelo governo Golpista de Michel Temer a quem deve ser atribuída toda a responsabilidade de mais um crime contra aqueles e aquelas que ousam desafiar a brutalidade a intolerância e o mau caratismo. Marielle Franco, oriunda das classes menos favorecidas, mulher, negra, mãe, feminista, lésbica, socióloga, nos deixa, mas sua luta e legado permanecerão presente em cada um e cada uma de nós que de fendemos uma sociedade justa e fraterna. Aproveitamos ainda para deixar nossa indignação pelas mortes praticadas todos os dias por agentes do estado, que deveriam “Servir e Proteger”, mas nas nossas periferias só “Matam e violam” os direitos da nossa juventude, principalmente as da periferia. Queremos que não fique impune crime algum, desde a chacina ocorrida em Londrina em 2016 onde há Policiais Militares envolvidos, as mortes de mulheres, jovens e trabalhadores cometidas também pelo estado através de armas em posse de Guardas Municipais de nossa cidade, aqui também se repete o mesmo roteiro , onde mulheres, negros, trabalhadores e jovens da periferia perdem todo o direito de existir. Lembramos que no ultimo ano (5) cinco vidas foram ceifadas pelas armas da Guarda Municipal de Londrina ultima nesta semana, o mais recenteo assassinato do jovem Matheus Ferreira, estudante negro, da periferia que teve sua vida covardemente arrancada e seus sonhos e de sua família destruídos pela irresponsável ação de agentes públicos. Nesse sentido condenamos a execução da companheira Marielle Franco, e todos e todas que perderam suas vidas nas mãos da covardia e da brutalidade, de forças publicas. Mantemos ainda a intransigente defesa dos direitos humanos e da liberdade democrática, e exigimos o fim da intervenção militar no Rio de Janeiro, assim como o desarmamento da guarda municipal de Londrina Dr Odarlone Orente - Presidente Partido dos Trabalhadores Londrina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário