quinta-feira, 19 de abril de 2018

Hospital da Providência de Apucarana orienta sobre conjuntivite

O Serviço de Controle de Infecção do Hospital da Providência orienta a população sobre os riscos e modos de prevenção da conjuntivite, infecção que acomete maior número de pessoas com as mudanças do clima seco para o chuvoso.

A doença é um quadro infeccioso da conjuntiva, parte branca do olho, que pode ser causada por vírus, bactérias ou fungos. “A conjuntivite começa com uma coceira, ardor e às vezes a pessoa acorda com secreção amarelada ao redor do olho, quando apresentados estes sintomas deve-se procurar a Unidade Básica de Saúde mais próxima para ser avaliado e medicado rapidamente”, orienta a médica do Serviço de Controle de Infecção do Hospital da Providência, Dra. Vera Lúcia Lorenzon.

De acordo com a especialista, se a conjuntivite não for tratada, pode causar problemas na visão. “É uma doença que se alastra e quando não medicada corretamente pode levar a lesões ou perda da córnea”, explica.

Segundo Dra. Vera, conjuntivite é de fácil contaminação e depois de diagnosticada, o paciente deve evitar locais com aglomerações de pessoas até que o tratamento esteja completo. “Temos visto um número crescente de pessoas que estão com essa inflamação. Os pais devem tomar todo cuidado com a higienização das mãos dos pequenos, uma vez que a criança pode levar a boca o vírus ou a bactéria causadora da conjuntivite. Também orientamos que toda pessoa realize frequentemente a lavagem das mãos com água e sabão ou álcool 70% para a prevenção e não disseminar a doença”, diz.


Modos de prevenção

- Lavar as mãos com água e sabão ou utilizar álcool 70%;
- Evitar levar as mãos aos olhos e coçá-los;
- Não compartilhar itens como, por exemplo, maquiagem, toalhas, travesseiros e óculos;
- Limpar com frequência teclados, telefones e maçanetas;
- Evitar locais com aglomerações de pessoas e sempre deixar janelas e portas abertas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário