quinta-feira, 7 de junho de 2018

Ex-morador de Borrazópolis morre em acidente de trânsito em Curitiba


O jovem Marcos Cesar Oliveira de Jesus, que completou 24 anos, neste último dia 05 de junho, ex-morador do município de Borrazópolis morreu na noite desta quarta-feira (06), vítima de acidente de trânsito ocorrido em Balsa Nova, região metropolitana de Curitiba.

Marcos nasceu e foi criado em Borrazópolis na região do Bairro 200 Alqueires, mas já há alguns anos estava residindo em Curitiba, era filho do conhecido Miguel Freire de Jesus e da Isabel Oliveira e sobrinho do Luiz Freire, o conhecido “Luizão” que trabalhou por muito tempo no conselho tutelar. Segundo informações, o velório e sepultamento ocorrem na capital do estado.

De acordo com o site Banda B, o acidente matou na hora o jovem Marcos na noite dessa quarta-feira (6), em Balsa Nova, região metropolitana de Curitiba. O rapaz estava com sua moto e voltava do trabalho para casa, quando bateu contra a traseira de uma carreta. Testemunhas disseram que a morte do motociclista não foi um simples acidente de trânsito e que um guincho que levava a carreta se soltou, fazendo o veículo ir para trás e colidir contra a moto.

O acidente aconteceu no quilômetro 08, da PR-510. A carreta estava carregada e seguia no sentido Balsa Nova. O motociclista atingiu a traseira do veículo violentamente e morreu na hora. O diretor da Defesa Civil de Balsa Nova, Roberto Revelino, disse que apenas a Polícia Civil irá concluir sobre o que, de fato, tinha acontecido. “Não sei ainda o que foi que aconteceu, algumas pessoas falam uma coisa, outras falam outra, então, vamos esperar a perícia, mesmo. Estão dizendo coisas, mas a gente não sabe, não pode afirmar nada”, disse.

No entanto, testemunhas, motoristas e familiares do motociclista estavam revoltados no local. Segundo eles, a carreta estava sendo puxada por outra e o cabo de um guincho teria sido rompido, fazendo com que a carreta descesse rodovia abaixo e atingisse o motociclista. Os motoristas da carreta não tinham conversado de maneira oficial com a Polícia Rodoviária Estadual (PRE).

O jovem trabalhava em uma empresa de manilhas e fazia o trajeto todos os dias. O corpo dele foi recolhido pelo Instituto Médico Legal (IML). A PRE acionou a perícia para iniciar as investigações. Por Elizangela Jubanski e Daniela Sevieri  da Banda B.


Curta nossa página e receba notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário