sexta-feira, 17 de agosto de 2018

Morre em hospital homem que foi vítima de agressão causadas por facão em Borrazópolis

O morador de Borrazópolis, João dos Santos, de 52 anos, mais conhecido como "Juruna", morreu na noite desta sexta-feira (17), no Hospital da Providência de Apucarana, após permanecer internado no local desde o dia 11 de agosto deste ano, quando deu entrada vítima de agressão causadas por arma branca (facão).

CRIME - O crime ocorreu na Rua Minas Gerais, depois de o "Juruna"foi violentamente agredido, com golpes de facão, na noite do último sábado, (11), por três rapazes. Segundo informações foram publicadas dois boletins de ocorrências pela Policia Militar, onde a primeira ocorrência informa que uma senhora (solicitante) informou que seu vizinho (Juruna) tentou adentrar em sua residência, onde no momento estava apenas ela e sua filha de 16 anos, o autor só não conseguiu adentrar pois o namorado de sua filha chegou no local e expulsou-o do local. Momento em que o autor foi em sua residência dizendo que retornaria com um facão de cana e ameaçando os moradores. Na chegada da equipe policial o agressor já havia se evadido e tomado rumo ignorado.

Já na segunda ocorrência publicada a equipe foi solicitada para comparecer no local, onde um homem foi agredido e estaria caído no chão. Ao chegar no local a ambulância do município de Borrazópolis já estava prestando atendimento e encaminhando para o hospital, ao chegar no hospital feito contato com a equipe médica a qual informou que o indivíduo sofreu vários golpes na cabeça com algum objeto contundente o qual veio a perfurar seu crânio. Feito contato com a esposa da vítima, passou a relatar que seu amazio havia sido agredido por três rapazes que estavam de bicicleta, porém não soube dar maiores detalhes dos possíveis autores, sendo assim elaborado o B.O.U orientada quanto as medidas cabíveis, efetuado rondas nas proximidades, porém sem êxito.

A família do Juruna nega que ele tenha cometido ameaças para seus vizinhos. A Polícia Civil já solicitou imagens de moradores que filmaram na hora do acontecido e irá ouvir algumas testemunhas, mas até este dia 17 de agosto, de 2018, ninguém havia sido preso.

VELÓRIO E SEPULTAMENTO - A família decidiu pelo sepultamento às 15 horas, de domingo, dia 19 de agosto.

Em nota, nossa página B.N, deseja os votos de pesar neste momento difícil em que a família esta passando.

4 comentários:

  1. vergonha,uma cidade tão pequena,e ninguém fez nada para ajuda-lo,não tinha uma pessoa para socorrer, nem policias que estavam de plantão fizeram nada,estão investigando rsr. piada,sabe quem foi,sabe onde mora e estão investigando oque?e agora? vão fazer oque? quem perdeu foi os familiares ,homem trabalhador,pai de familia,e esses vagabundos safados soltos.tomara que pegue eles e faça as mesmas coisa com eles,vagabundos......

    ResponderExcluir
  2. E aí seu Prefeito (Didi)cadê a segurança da cidade,cadê o policiamento em cima do tráfico de drogas que esta circulando aí? Fiquei seis dias em Borrazópolis não vi uma viatura nas ruas, fazendo a tal (ronda)kkkk isso e piada msm em seu Prefeito.Quantos mais precizaram morrer?quem será o próximo pai de familia e trabalhador a ser morto? Ahhhh se isso fosse aqui em Campinas,quem matou meu tio js taria presos ou mortos.QUEREMOS JUSTIÇA

    ResponderExcluir
  3. E uma situação lamentável, a gente paga impostos por proteção e que proteção a gente temos. Eu fiquei sabendo da noticia e fiquei indignada com tamanha crueldade que fizeram. DEUS CONFORTE A FAMÍLIA. Como os policiais atendem uma ocorrência e nao fazem nada que vergonha de morar no Brasil vai a corregedoria denunciar vai ao ministério público contratem um advogado faça a justiça Espero que esses agressores estejam presos

    ResponderExcluir
  4. Um homem íntegro não merecia morrer assim quanta crueldade meu Deus pai de família trabalhador honesto e afirmo isso por que conhecia muito bem a coisa mais horrível e ver esses caras soltos cadê as leis pra punir esses bandidos aposto que se fosse ele que tivesse matado como era uma pessoa idónea ai sim estaria preso é revoltante queremos jistiça

    ResponderExcluir