segunda-feira, 22 de outubro de 2018

Produtores rurais são capacitados para integrar roteiro de turismo


Até o final do ano, o Vale do Ivaí terá um roteiro turístico que abrangerá a fruticultura, aventura e religiosidade. Uma das etapas deste processo é capacitação dos produtores rurais e nesta segunda-feira (22/10) ocorreu mais um módulo do treinamento, na Unespar. No dia 3 de dezembro, no mesmo local, serão apresentados oficialmente os produtos turísticos e logomarcas que integrarão a iniciativa.

O roteiro faz parte do Plano de Desenvolvimento do Vale do Ivaí, criado pela Secretaria de Estado do Planejamento, através do Paraná Projetos, em parceria com a Associação dos Municípios do Vale do Ivaí (Amuvi) e demais órgãos do governo estadual, como Agência Paraná de Desenvolvimento e Emater.

O prefeito de Apucarana e presidente da Amuvi, Beto Preto, participou da abertura do segundo módulo da capacitação, que abordou a organização da propriedade rural. Também estiveram presentes o superintendente do Paraná Projetos, Cylleneo Pessoa Pereira Junior, e o secretário municipal de Agricultura, José Luiz Porto.

Beto Preto recebeu da equipe do Paraná Projetos que ministrou a capacitação um relatório de visitas técnicas. O órgão fez um diagnóstico e mapeamento de toda a região. Dos 28 municípios que integram o Território Vale do Ivaí, 21 responderam aos questionários. O trabalho resultou no apontamento de 94 propriedades com potencial turístico e que foram visitadas pela equipe do Paraná Projetos.

Beto Preto destaca que o Plano de Desenvolvimento Regional é uma conquista da Amuvi, sendo que o roteiro de turismo que está sendo elaborado é uma das vertentes da iniciativa. “Nesta capacitação tivemos a presença de representantes de dez municípios da região. O objetivo é criar novas oportunidades o que, no tocante ao turismo, significa capacitar para a recepção, estruturar o roteiro e criar pacotes de visitação. A região está se preparando para dar um salto para o futuro”, afirma.

O presidente da Amuvi lembra que o Plano de Desenvolvimento Regional também prevê ações na área de atração de investimentos e na capacitação de mão de obra. “No Vale do Ivaí temos um problema crônico que é a mecanização do corte de cana, o que causa a dispensa ou a não contratação de pessoal. A nossa preocupação é com esses empregos e atenuar essa chaga social”, pontua Beto Preto.

O superintendente do Paraná Projetos afirma que os principais resultados do projeto de turismo deverão ser sentidos a médio e longo prazo. “Gramados, no Rio Grande do Sul, foi se estruturando ao longo do tempo. No começo eram poucos dias de visitação e hoje o Brasil vai lá o ano inteiro, pois foram sendo criados novos atrativos”, exemplifica Cylleneo.

De acordo com Patrícia Baratieri Atherino, gerente de planejamento do Paraná Projetos, entre os materiais que serão apresentados em dezembro estão a sinalização da Rota Turística do Vale da Aventura e o Roteiro Rural na Agricultura Familiar (com foco na fruticultura). “No dia 3 de dezembro haverá o evento final em Apucarana, quando o Paraná Projetos lançará esse roteiro de desenvolvimento regional rural para o Vale do Ivaí”, completa Patrícia. Com informações da Prefeitura de Apucarana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário