terça-feira, 8 de janeiro de 2019

Assaltante de bancos acusado de participar de assaltos em Borrazópolis, morre em cela em Londrina

Foto: Delair Garcia
Um assaltante de bancos de Apucarana, que em 2015, fez um assalto ousado em Borrazópolis, usando cordão humano como escudo, morreu na manhã desta segunda-feira (07), na Penitenciária Estadual de Londrina (PEL).


Segundo informações publicadas pelo portal Bonde News, informou que "um detento da PEL II (Penitenciária Estadual de Londrina II) morreu após passar mal dentro da cela na manhã desta segunda-feira (6). Segundo o diretor da unidade, Reginaldo Peixoto, por volta das 9h, quando os funcionários faziam a retirada da alimentação matinal e preparavam os presos para o banho de sol, Fábio Ravelux, de 41 anos, passou mal com sintomas de parada cardíaca. "Chamamos o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e, enquanto os socorristas não chegavam, o pessoal do nosso setor de enfermaria fez o primeiro atendimento. O Samu veio muito rápido, mas o detento acabou falecendo", afirma. Não houve sinais de agressão ou lesão, confirmados pela Criminalística e o IML (Instituto Médico-Legal), e Ravelux não tinha histórico de saúde dessa natureza, ainda conforme Peixoto. O preso estava na PEL II desde julho de 2016 acusado de roubo. Os seis colegas de cela dele vão ser ouvidos na investigação do caso. O corpo foi encaminhado ao IML de Londrina". 

Segundo levantamento feita pelo portal TN Online de Apucarana, a "Polícia Militar confirmou a imprensa que Fábio foi preso em Apucarana em 11 de maio de 2016, junto com outros três assaltantes. Na ocasião um dos criminosos um foi morto em confronto com a PM em imóvel no Jardim Apucarana (zona norte da cidade). Eles seriam são os mesmos que em 2015 fizeram um assalto ousado em Borrazópolis, usando cordão humano como escudo. Em Borrazópolis eles ainda voltaram uma segunda vez, durante à noite, onde atiraram no Destacamento da PM e tentaram explodir o cofre do Banco do Brasil, mas não conseguiram.  Quem viu as imagens do assalto em Borrazópolis, notou que eles usavam uma metralhadora a tiracolo, justamente esta metralhadora foi apreendida e também um fuzil".

Além de Borrazópolis, também foram alvos pelos bandidos os municípios de Kaloré, Rio Branco do Ivaí, Querência do Norte e outras cidades da região. Colaboração TN Online Bonde News.

Um comentário:

  1. Ele seria aquele assaltante em Borrazópolis que usava uniforme do exército?

    ResponderExcluir