Procure a matéria - Aqui

SLIDES

sexta-feira, 25 de janeiro de 2019

Operação prende jovens acusados por tráfico de drogas em Borrazópolis


Dois jovens foram presos durante uma operação das Polícias Militar e Civil, contra o tráfico de drogas, realizada na tarde desta quarta-feira (23), em Borrazópolis. De acordo com informações o fato aconteceu nas Ruas Bronislava e Paraíba, onde foi encontrado as drogas e o menor que é suspeito e denunciado, por várias vezes, como traficante de drogas e também de um jovem de nome Lucas Vinicius de Sousa Severmini.

O Delegado informou que havia uma ordem de busca e apreensão na residência do adolescente, e ao chegar ao endereço, ele foi flagrado sem camiseta e na porta. Logo se percebeu o seu nervosismo e que ele tinha uma espécie de sacola pendurada ao shorts, altura da cintura.  Indagado sobre o menor,  ao invés de responder, correu para o interior da residência sendo visualizado o momento em jogou, pela janela, o invólucro, que após verificado pela equipe, contava com 44 pedras de crack. Já dominado, os agentes ainda localizaram R$100,00 em dinheiro, no bolso do rapaz, mesmo ele dizendo que não trabalhava;  uma porção de maconha dentro da casa e até um caderno com vários nomes, que parecia ser a contabilidade do tráfico. 

O mais importante foi a apreensão de um celular, em poder de Lucas, o qual constava com várias fotos e vídeos de droga. "Em uma das imagens foi possível  ver certa quantidade  de droga sendo pesada numa balança de precisão, sobre uma mesa com uma sanduicheira ao lado. Também ficou registrada, em uma segunda imagem,  uma mão, com tatuagem do Tio Patinhas e duas  pulseiras de prata de bali, pesando grande quantidade de droga numa balança de precisão, sendo que o detido possui a tal tatuagem e ainda usava as referidas pulseiras", informou o Boletim de Ocorrências. Em seguida, continuaram as  diligências em busca do menor, sendo que populares informaram que ele poderia estar na casa de um amigo de nome Max Paulo Schareder, na Rua Paraíba, um pouco acima do Lago Municipal, no cruzamento com a Rua Piauí. Ao chegar no novo endereço, foram abordados Paulo Henrique Alves Rodrigues, o conhecido "Japonês", João Paulo de Jesus Nunes e Max Paulo, além de seus pais.  Indagados sobre o adolescente, disseram que não sabiam dele, que são inocentes e autorizaram uma varredura no local. A surpresa da polícia, é que nos fundos, foi localizada a mesa, com uma sanduicheira, idêntica a que aparece na foto do celular de Lucas onde foram pesadas grandes quantidades de droga. Havia ainda R$.2.120,00 reais, os quais os Pais de Max disseram ser de uma herança, mas o dinheiro foi apreendido porque não conseguiram, naquele momento, comprovar a origem. Do local, a operação ainda se estendeu até a região da Rua Rio Grande do Norte, ao lado do Lago Municipal,  onde o adolescente, enfim, foi localizado e apreendido. PROVIDÊNCIAS - Lucas e o adolescente foram acusados e autuados  tráfico de drogas, sendo que o menor será encaminhado para um Centro de Ressocialização de Curitiba onde receberá tratamento adequado; Paulo Henrique e João Paulo, liberados e também negaram qualquer tipo de crime; e Max e seus pais, qualificados para posterior comparecimento na Delegacia de Polícia de Faxinal. 

A operação envolveu o delegado Dr. Ricardo Augusto de Oliveira Mendes, investigador Laércio Choratto Junior, policia civil de Faxinal e a militar de Borrazópolis. Colaboração Ronaldo Senes.


Nenhum comentário:

Postar um comentário