terça-feira, 12 de fevereiro de 2019

Boletim da Secretaria da Saúde aponta aumento dos casos de dengue no Paraná

O Paraná agora tem dois municípios em situação de epidemia de dengue. Além de Uraí, no Norte Pioneiro, Lupionópolis, na região Noroeste, passou a integrar a relação. O município registrou, desde a semana passada, a ocorrência de 13 novos casos autóctones da doença, ou seja, contraídos na própria cidade. No total, o Paraná soma 288 casos de dengue autóctones, 95 a mais que na semana passada. São 56 municípios com casos autóctones e 72 com casos confirmados, incluindo casos importados. 

Em relação à febre chikungunya, o Paraná tem três casos importados por pessoas que viajaram ao Pará, no Norte do Brasil, estado que enfrenta um surto da doença. A secretaria estadual da Saúde vem reforçando o trabalho de combate e conscientização em relação ao mosquito transmissor. O clima quente e a ocorrência de chuvas facilitam a reprodução dos mosquitos, já que aumenta a ocorrência de criadouros. Qualquer recipiente com água parada pode gerar novos pontos de infestação. 

Os insetos reproduzem em todo tipo de água parada, em pratos de plantas, lixo, garrafas, bebedouros de animais ou objetos abandonados em quintais. Os sintomas da dengue são febre acompanhada de dor de cabeça, dores no corpo e mal-estar geral. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário