sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019

Centro de Ginástica Artística faz seleção de novas alunas no próximo sábado (23)

No próximo sábado (23), às 10h, será feita a seleção de novas alunas para a escolinha de ginástica artística, no Centro de Treinamento de Telêmaco Borba. Podem participar meninas nascidas entre 2011 e 2014. As aulas acontecerão pela manhã ou à tarde, respeitando o contraturno escolar.

O ensino da ginástica é realizado há oito anos por meio de uma parceria entre Klabin e Prefeitura Municipal de Telêmaco Borba e garante o desenvolvimento do esporte, contribuindo de forma positiva com a formação física e cultural das jovens da região.

Atualmente, o Centro treina 100 meninas, com idades entre cinco e 14 anos, gratuitamente. A Klabin apoia o projeto viabilizando infraestrutura no ginásio, como barras, piso, entre outros recursos. Além disso, garante a contratação do treinador, professor Juliano Fulas, e colabora em eventos externos por meio do financiamento de hospedagem, transporte e alimentação do grupo. A mais recente iniciativa da empresa foi um investimento de cerca de R$ 20 mil na compra e instalação de exaustores e ventiladores no Centro de Treinamento. 

A melhoria foi implementada durante as férias dos treinos e dará melhores condições às alunas. Segundo Fulas, o equipamento reduziu a temperatura do local das aulas, o que trará mais rendimento às atletas.

“Temos orgulho deste projeto que registra o nome de Telêmaco Borba em lugares de destaque nacional dentro da modalidade. Acreditamos que ações como essa contribuem com o desenvolvimento local, além de estarem em linha com a nossa Política de Sustentabilidade e com os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, da ONU” comentou o Gerente de Relações com a Comunidade da Klabin, Uilson Paiva.



Sobre a Klabin - A Klabin é a maior produtora e exportadora de papéis para embalagens do Brasil, líder nos mercados de embalagens de papelão ondulado e sacos industriais e única companhia do país a oferecer ao mercado uma solução em celuloses de fibra curta, fibra longa e fluff. Fundada em 1899, possui 17 unidades industriais no Brasil e uma na Argentina. Somente no Paraná, gera mais de 10 mil empregos (diretos e indiretos), em mais de 25 municípios próximos das operações da companhia, principalmente, na região dos Campos Gerais.

A empresa é pioneira na adoção do manejo florestal em forma de mosaico, que consiste na formação de florestas plantadas entremeadas a matas nativas preservadas, formando corredores ecológicos que auxiliam na manutenção da biodiversidade. A área florestal da companhia no Paraná compreende o total de 342 mil hectares, sendo 142 mil de mata nativa. A Klabin também mantém um Parque Ecológico, na Fazenda Monte Alegre, em Telêmaco Borba, para fins de pesquisa e conservação, atuando no acolhimento e reabilitação de animais silvestres vítimas de acidentes ou maus-tratos, auxiliando o trabalho de órgãos ambientais. Além de contribuir para a preservação da flora e fauna da região, inclusive de espécies ameaçadas de extinção.

Toda a gestão da empresa está orientada para o Desenvolvimento Sustentável. Na região dos Campos Gerais a Klabin desenvolve boa parte dos seus programas socioambientais, com destaque para “Matas Sociais - Planejando Propriedades Sustentáveis”, Matas Legais, Projeto de Resíduos Sólidos, Crescer Lendo, Programa Caiubi, Força Verde Mirim e Protetores Ambientais.

A companhia também aderiu aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU, é signatária do Pacto Global e do Pacto Nacional para Erradicação do Trabalho Escravo, e busca fornecedores e parceiros que sigam os mesmos valores de ética, transparência e respeito aos princípios de sustentabilidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário