quinta-feira, 28 de fevereiro de 2019

Pesca volta a ser permitida a partir desta sexta-feira no Paraná

A piracema, período em que a pesca de espécies nativas fica proibida, termina nesta sexta-feira, e fica liberada a pesca amadora e profissional de espécies nativas como dourado, bagre, jaú, pintado, lambari, jundiás e surubim. A exceção é a piracanjuva, que consta na lista de espécies ameaçadas de extinção. Espécies consideradas exóticas, que foram introduzidas no meio ambiente paranaense pelos seres humanos, têm a pesca liberada o ano todo. O período da piracema é determinado para a preservação pois é o único momento em que diversas espécies podem se reproduzir, por conta do calor. 

Fiscais do IAP e da Polícia Ambiental reforçam a fiscalização para garantir que não ocorram excessos, descumprimento do tamanho de captura das espécies e desrespeitos às normas ambientais no retorno da atividade pesqueira no Estado. A apresentação da documentação de autorização de pesca amadora e profissional é obrigatória para quem pratica a atividade. Aos infratores, serão aplicadas as penalidades e sanções previstas na legislação. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário