terça-feira, 26 de março de 2019

Ex-morador de Borrazópolis é executado a tiros de fuzil em Curitiba



Um ex-morador de Borrazópolis de nome Reginaldo Bergamaski, de 45 anos, e que ainda tem familiares residindo no município, foi executado com tiros de fuzil e pistola nove milímetros na manhã de segunda-feira, dia 25, quando estava chegando a sua residência no Bairro Uberaba, em seu carro de luxo, na Capital do Estado (Curitiba).

CASO - Segundo portais de Notícias da Capital do Estado, foi uma emboscada e uma queima de arquivo que os policiais da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) estão tratando o caso. O assassinato aconteceu na esquina das ruas Antônio Andriguetto e América da Costa Saboia. A vítima, Reginaldo Bergamaschi, trabalhava com a venda de carros e terrenos. Ele estava em um veículo de luxo Jeep Compass quando foi atingido por vários tiros e seguiu descontrolado derrubando o muro de uma casa.
O que mais chama a atenção no crime são as armas que foram usadas pelos assassinos. “Tiros de fuzil 556 e foram até o carro para garantir, disparando também de uma pistola nove milímetros”, destacou o delegado Tito Livio Barrichelo, do DHPP.
Toda a ação dos atiradores foi registrada por câmeras de segurança de um estabelecimento próximo. “As imagens vão nos ajudar muito nas investigações. O vídeo mostra um Peugeot branco parando e dele descendo um homem encapuzado já efetuando os disparos”, detalhou.
De acordo com o delegado, Reginaldo já tinha sofrido um atentado, há três anos. “Sobreviveu, mas agora queriam ter a certeza de que ele morreria, por isso tamanha raiva dos atiradores. Além disso, soubemos que ele trabalhava com venda de veículos, mas não tinha loja física. Dentro da casa encontramos alguns veículos, todos de alto valor”.
FAMÍLIA - Reginaldo deixa a esposa Silvana e dois filhos, e segundo vizinhos era uma pessoa muito querida. Ele é integrante da numerosa Família Bergamaski de Borrazópolis, filho do Aparecido Bergamaski, conhecido “Cido” e da Maria de Lourdes Almeida Bergamaski, também era sobrinho do Sone Almeida, conhecido “Sone Preto” e neto da saudosa pioneira "Dona Ademália".
VELÓRIO E SEPULTAMENTO – A família decidiu realizar o velório na Capela da Luz e o sepultamento será nesta terça-feira, 26, no Crematório Perpetuo Socorro, em Campo Largo região de Curitiba.
Em nota, nossa página B.N, deseja os votos de pesar neste momento difícil em que a família esta passando.

VEJA O VÍDEO 

Nenhum comentário:

Postar um comentário