terça-feira, 12 de março de 2019

Profissionais PSS da rede estadual de ensino recebem pagamento por folha complementar

Profissionais da Educação contratados em fevereiro por meio do PSS, o Processo Seletivo Simplificado, receberam os salários nesta segunda-feira. São quase 20 milhões de reais divididos em 14 mil e 500 pagamentos para professores, pedagogos, tradutores e intérpretes de Libras e agentes educacionais. Começaram a trabalhar a partir do dia 11 de fevereiro, participando do período de Estudo e Planejamento do primeiro semestre letivo e, por isso, não foi possível incluí-los no fechamento da folha de pagamento do mês passado. Graças à folha complementar, eles receberam os vencimentos antes do prazo normal, que seria o último dia útil do mês seguinte. 

O valor é proporcional aos dias trabalhados em fevereiro. Cerca de 1% dos PSS ficaram de fora da folha complementar porque foram contratados no final de fevereiro, e vão receber no final desse mês. A partir de março, todos os profissionais contratados por meio do PSS passam a receber os salários no mesmo dia que os servidores efetivos da Educação. Um milhão de estudantes são atendidos pela rede estadual de ensino, que conta com 100 mil profissionais da educação. As aulas começaram no dia 14 de fevereiro e vão até 19 de dezembro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário