Procure a matéria - Aqui

SLIDES

domingo, 1 de setembro de 2019

Concedida liberdade a comerciante de Borrazópolis

Conforme informou o repórter Berimbau da Rádio Nova Era, o Delegado Dr. Ricardo Augusto de Oliveira Mendes, de Faxinal, conseguiu autorização do poder judiciário, para cumprir um mandado de busca e apreensão na casa do comerciante André Willian dos Santos Schimitt, que é pai do jovem Eduardo, que era o motorista da caminhoneta que bateu em uma motocicleta, resultando na morte do senhor José da Costa, o conhecido "Dôca". Ricardo informou que o poder judiciário não autorizou a prisão do jovem, mas permitiu que fosse feita uma busca na residência, neste dia 31 de agosto, de 2019, com o intuito de encontrar alguns objetos que possam comprovar as suspeitas de que o motorista do veículo cometeu alguma tipo de imprudência no dia do acidente. Como na casa havia uma arma do comerciante, que estava com o registro de posse vencido, Andre foi conduzido até Faxinal para as devidas providências. Também foram apreendidos celulares, uma pele de animal e outros objetos que estavam sem nota, entre eles, uma motosserra. 

LIBERDADE - Na noite do mesmo dia, sábado, 31 de agosto, o advogado Dr. José Teodoro, informou que impetrou um Habeas Corpus, que foi distribuído para o Juiz de plantão, o qual, assim que recebeu o HC, decidiu por colocar o detido em liberdade, haja vista que entendeu não haver flagrância contra o André Schimitt, portanto, expediu o competente Alvará de Soltura. "Nada lá encontrado era flagrante, ao meu ver. A espingarda de pressão, era antiga; a motosserra também velha, doada por seu sogro e sem uso; a pele de animal se tratava de um objeto de decoração e sem nenhuma prova que foi abatido há pouco tempo pelo meu cliente, que declarou, inclusive, ganhou ela há 25 anos", disse Dr. José Teodoro. Com informações Berimbau.

Nenhum comentário:

Postar um comentário