domingo, 8 de dezembro de 2019

"Padroeira de Borrazópolis" - Fiéis celebram o dia da Imaculada Conceição


Na noite do dia 08 de dezembro, milhares de fiéis e devotos se reuniram na Igreja Matriz para participarem da celebração à padroeira de Borrazópolis, Nossa Senhora Imaculada Conceição. 

A missa realizada na Igreja Matriz, foi presidida pelos párocos Pe. Sebastião Dutra e Pe. Paulo Cesar, em seguida uma procissão percorreu pelas ruas e avenidas de nossa cidade, voltando para o igreja onde ocorreu um momento especial. A coroação da imagem da Imaculada foi realizada pelo Padre Sebastião que recebeu a graça pela primeira vez em sua vida realizar esta vontade de muitos anos e de se alegrar que estará comemorando seus 25 anos de ordenação presbiteral, no dia 11 de dezembro.

Foram momentos muito bonitos e edificantes. Somente quem participou experimentou o quanto é belo e importante celebrar o mês de dezembro e estar unidos à nosso Imaculada Conceição.

Todas as crianças, jovens e adultos agradecem de coração as organizadoras Lisandra e Inês de Oliveira, entre outras pessoas que compõem na organização e pessoas que fazem suas doações que com muito carinho conseguiram que a coroação fosse um sucesso.

HISTÓRIA - Uma data especial para toda a Igreja Católica, desde que o Papa Pio IX reconheceu oficialmente o dogma da Imaculada Conceição, que significa  que Maria foi concebida sem pecado.

No dia 8 de dezembro de 1854, Pio IX, na Bula Ineffabilis Deus, fez a definição oficial do dogma da Imaculada Conceição de Maria. Assim o Papa se expressou: “Em honra da santa  e indivisa Trindade, para decoro e ornamento da Virgem Mãe de Deus, para exaltação da fé católica, e para incremento da religião cristã, com a autoridade de Nosso Senhor Jesus Cristo, dos bem-aventurados Apóstolos Pedro e Paulo, e com a nossa, declaramos, pronunciamos e definimos a doutrina que sustenta que a beatíssima Virgem Maria, no primeiro instante de sua conceição, por singular graça e privilégio de Deus onipotente, em vista dos méritos de Jesus Cristo, Salvador do gênero humano, foi preservada imune de toda mancha de pecado original, essa doutrina foi revelada por Deus e, portanto, deve ser sólida e constantemente crida por todos os fiéis.” Fotos: Junior Dias/ Borrazópolis Notícias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário