quinta-feira, 13 de fevereiro de 2020

Fórum de Cidades Digitais em Apucarana reúne 20 municípios

Além de trazer soluções para modernização dos serviços públicos, encontro reconhece os Prefeitos Inovadores da região

Prefeitos e gestores públicos de 20 municípios participaram nesta quinta-feira (13), em Apucarana, do I Fórum de Cidades Digitais do Vale do Ivaí, promovido pela Rede Cidade Digital (RCD) em parceria com a Prefeitura de Apucarana.

Com o objetivo de facilitar a modernização dos serviços prestados à população, Prefeituras e empresas trouxeram exemplos de como as novas tecnologias estão garantindo maior eficiência na administração municipal. “Tecnologia é estratégica e deve ser utilizada de forma transversal para aprimorar a gestão e melhorar a vida das pessoas”, resume o diretor da RCD, José Marinho.

O prefeito de Apucarana, Júnior da Femac, frisou que o serviço público precisa avançar no meio digital para resolver os problemas das cidades com agilidade. “Para não ficarmos fora do tempo, com uma Prefeitura só no papel”, observa.

Júnior da Femac e outros nove prefeitos da região (confira relação abaixo) foram homenageados durante o Fórum com o título de Prefeito Inovador, por iniciativas tecnológicas implantadas nas cidades.

O prefeito cita aplicativos implantados para facilitar a consulta de débitos dos contribuintes, por exemplo, e o rastreamento em tempo real da frota de veículos. “Aqui em Apucarana nós colocamos o cardápio das 12.500 crianças na internet. É uma atitude simples do digital, mas a gente percebe que as pessoas dão valor. Lá em Faxinal tem um trabalho grande das câmeras de acompanhamento da cidade para garantir segurança e comunidade das pessoas. É um trabalho importante que tem que ser feito”, frisa o prefeito de Apucarana.

O presidente da AMUVI e prefeito de Faxinal, Ylson Alvaro Cantagallo, o Gallo, destacou a importância da troca de conhecimento entre os gestores da região sobre o tema. Entre as inovações de Faxinal, ressalta o prefeito, está o uso pedagógico de tablets nas escolas e a implantação da nota fiscal eletrônica para aumento de arrecadação. “Primeiro o mundo digital hoje se transforma em muita economia e renda. No meu município não estava implantada a nota fiscal eletrônica e deixava de arrecadar entre R$50 mil a R$60 mil por mês”, lembra.

Além da informatização dos processos, outro foco de fomento nas cidades é o ecossistema de inovação. O coordenador do Conecta Apucarana, Tiago Ferreira Ribeiro, frisa que o objetivo do programa desenvolvido no município anfitrião contribui para a estruturação e o surgimento de novos modelos de negócio. “Todos os agentes dentro da sociedade e governo fazem parte desse processo”, explica.

O estímulo à inovação rendeu ao prefeito de Maringá, Ulisses Maia, a homenagem durante o Fórum de Cidades Digitais desta quinta com o título de Prefeito Inovador. De acordo com o diretor da Secretaria de Inovação e Desenvolvimento Econômico de Maringá, Miguel Fuentes Sallas, o primeiro passo foi a aprovação da Lei de Incentivo à tecnologia em 2017. “O setor de tecnologia em Maringá já é o terceiro maior arrecadador de imposto no município”, completou o também diretor de Inovação da Secretaria de Inovação e Desenvolvimento Econômico de Maringá, César Rael, enaltecendo a criação do Parque Tecnológico em Maringá.

Prefeitos Inovadores – Fórum de Cidades Digitais do Vale do Ivaí

Faxinal – Ylson Álvaro Cantagallo - Ferramentas digitais

Cambira – Emerson Toledo Pires - Tablets na Saúde

Cambé – José do Carmo Garcia - Modernização da Iluminação Pública

Apucarana – Júnior da Femac - Gestão tecnológica a serviço do cidadão

Rolândia – Luiz Francisconi Neto – Conectividade dos prédios públicos e Governo Eletrônico

Maringá – Ulisses Maia - Estímulo a Inovação e Pesquisa

Paranavaí – Carlos Henrique Rossato Gomes (Delegado KIQ) - Reconhecimento Facial nas escolas

Nova Esperança – Moacir Olivatti - Planta genérica de valores

Alto Paraná – Altamiro Pereira Santana - Geoprocessamento

Arapongas – Sérgio Onofre da Silva - Sistema de Georreferenciamento 

O I Fórum de Cidades Digitais do Vale do Ivaí teve o patrocínio ouro da 1DOC; prata da MOC Tecnologia, da Etherium Tech e SIGCORP; bronze da Lxl Telecom e Alca Distribuidora; apoio estratégico da EPV Segurança Patrimonial; além do apoio institucional da Associação de Municípios do Vale do Ivaí (AMUVI), Associação Brasileira de Empresas de Soluções de Telecomunicações e Informática (Abeprest), Sindicato das Empresas de Sistemas Eletrônicos de Segurança do Estado do Paraná (SIESE-PR), do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná (CREA-PR), Hotel Doral e Agência de Desenvolvimento Terra Roxa.

Foto: Divulgação / RCD

Nenhum comentário:

Postar um comentário