Procure a matéria - Aqui

SLIDES

segunda-feira, 6 de abril de 2020

Arilson requer dados do IML sobre mortes desde o início da pandemia de coronavírus

Com o aumento dos casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19) no Paraná, o deputado estadual Arilson Chiorato (PT) protocolou requerimento na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) questionando a Secretaria de Estado da Segurança Pública e Administração Penitenciária sobre os procedimentos adotados pelo Instituto Médico Legal (IML) nos corpos de pessoas que morreram com suspeita ou confirmação do vírus.

“Precisamos saber de qual maneira o IML está trabalhando com as pessoas já falecidas por coronavírus e também com suspeita. Queremos saber se em todos os casos estão sendo realizados exames para diagnosticar a causa da morte”, afirma Chiorato.

No requerimento, Arilson questiona se nos casos de pessoas falecidas em suas casas, sobretudo os idosos, em caso de mortes não provocadas por violência, o IML realiza a perícia para a identificação da causa da morte e se é realizado o teste para o Covid-19.

O deputado também ressalta que tem recebido algumas denúncias através de suas redes sociais. Segundo Arilson, é preciso alguns esclarecimentos sobre os falecimentos desde que a pandemia chegou ao Paraná, sobretudo na Região Metropolitana de Curitiba.

“Temos recebido algumas denúncias e precisamos esclarecer qual é o procedimento padrão neste momento de emergência de saúde que estamos vivendo. Afinal, estamos diante de uma situação totalmente excepcional e o trabalho do IML é de fundamental importância no enfrentamento a esta pandemia”, explica.

Por Louan Brasileiro, da Assessoria de Comunicação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário