Procure a matéria - Aqui

SLIDES

terça-feira, 7 de julho de 2020

Junho Violeta, para proteger os idosos virou lei

O projeto de lei apresentado na Assembleia Legislativa do Paraná pelo deputado estadual Cobra Repórter (PSD), para incluir no Calendário Oficial de Eventos do Estado o Junho Violeta, mês de conscientização e prevenção contra a violência à pessoa idosa, foi sancionado pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior e se tornou na Lei 20.252/20.

A nova lei tem vários objetivos, entre eles: garantir dignidade e respeito à pessoa idosa; promover ações; combater a violência contra a pessoa idosa; defender os direitos da pessoa idosa; realizar cursos, congressos, seminários, dentre outros, com temas pertinentes à defesa dos interesses dos idosos.

O Junho Violeta tem como símbolo um laço de cor violeta sendo, anualmente, incentivada a iluminação ou decoração voluntária da parte externa de prédios públicos ou privados, com luzes ou faixas na cor violeta.

"Os idosos são vulneráveis, precisam da nossa ajuda”, destacou o deputado Cobra Repórter. Segundo dados da Secretaria estadual de Segurança Pública, o Paraná recebeu 628 denúncias de violência contra a pessoa idosa nos cinco primeiros meses deste ano via Disque Denúncia 181, um aumento de 33,6% na comparação com o mesmo período do ano passado, quando houve 470.

Cobra Repórter é presidente da Comissão de Defesa dos Direitos das Crianças, Adolescentes, Idosos e Pessoas com Deficiência (Criai) da Assembleia Legislativa do Paraná. Desde que assumiu a presidência da Comissão, vem desenvolvendo ações que visam a proteção destes públicos e criando canais de denúncia e apuração de crimes.

"Aproveito aqui para fazer um alerta: caso alguém note algo suspeito na vizinhança, Disque 181. No site da criai (www.criaiparana.org), também é possível fazer uma denúncia clicando no “botão” que fica logo na página principal! A denúncia é de fundamental importância para combater este tipo de crime!", reforça.

Fonte: ALEP.

Nenhum comentário:

Postar um comentário