quarta-feira, 1 de julho de 2020

Paraná anuncia quarentena mais restritiva em sete regiões do estado

1.536 novos casos de Covid-19, com 36 mortes em apenas um dia. A partir desses índices, o governador do Paraná, Ratinho Júnior, decretou medidas que vão afetar diretamente sete regiões, que abrangem 134 municípios e concentram 75% dos casos no estado.

As medidas vão durar 14 dias, mas pode haver prorrogação. Os principais setores atingidos são o do comércio e o transporte coletivo, com redução do número de passageiros. Também ficam suspensas as cirurgias eletivas nesse período.

Segundo o governador Ratinho Júnior, a quarentena não significa o fechamento completo de todas as atividades.

Apesar dos números recentes serem expressivos, em relação ao histórico de registros do novo coronavírus no Paraná, os índices seguem baixos na comparação com o cenário nacional, aponta o governador.

A quarentena restritiva será aplicada nas regiões de Cornélio Procópio, Cianorte, Toledo, Londrina, Cascavel, Foz do Iguaçu e Grande Curitiba - a região metropolitana da capital. O decreto pode ampliar o número de cidades, dependendo da curva de crescimento dos casos.

Desde o início da pandemia, o Paraná registra 22.623 casos da Covid-19, com 636 mortes pela infecção.

Por Rádio Agência Nacional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário