Procure a matéria - Aqui

SLIDES

quarta-feira, 23 de setembro de 2020

Silas da Reciclagem construiu seu próprio túmulo


O morador de Borrazópolis de nome Silas Pereira da Silva, mais conhecido como "Silas da Reciclagem" investiu cerca de R$ 30 mil na construção do próprio túmulo e de sua família para quando morrerem.

Silas pagou para construir três túmulos novos, cada um em local diferente, mais próximos um do outro, todos em mármore e com duas gavetas. O investimento chegou a cerca de 30 mil reais. Em entrevista, ao repórter Ronaldo Alves Senes do Blog do Berimbau, o cidadão disse que, ao morrer, não quer dar trabalho para a ninguém, mas simplesmente ser transportando até a sua última morada. Também afirmou que tem preocupação com os seus familiares, por isso, decidiu fazer o investimento. "O fato destes túmulos estarem prontos, não significa que eu quero morrer. Se Deus quiser, por muitos e muitos anos eles vão ficar vazios aqui, mas sabemos que, querendo ou não, todos tem a sua hora, e quando a minha chegar, vou estar tranquilo", disse Silas. 

No túmulo, Silas colocou um vaso de flor artificial e uma plaquinha com seu nome e apelido, “Silas da Reciclagem”.

Sua história já saiu na imprensa de Borrazópolis e rodou de boca em boca por aí.

Colaboração Blog do Berimbau

Nenhum comentário:

Postar um comentário