Procure a matéria - Aqui

SLIDES

quarta-feira, 26 de maio de 2021

Governo determina toque de recolher a partir das 8h da noite e cirurgias eletivas voltam a ficar suspensas no Paraná

O Governo do Paraná publicou um novo decreto, nesta terça-feira, ampliando o toque de recolher e restringindo serviços não essenciais em todo estado. As novas regras começam a vigorar nesta sexta-feira e valem até 11 de junho, podendo ser prorrogadas. Segundo o texto, o toque de recolher e o período de proibição da venda e consumo de bebidas alcoólicas em espaços de uso público ou coletivo passam a valer das 8 da noite às 5h. O comércio e as atividades não essenciais continuam proibidos de funcionar aos domingos. As mudanças levam em consideração um cenário cada vez mais difícil da pandemia no Estado. A lotação de leitos de UTI está acima de 90% desde o começo do ano e nos últimos dias o Paraná tem acumulado mais de mil pacientes aguardando internação em leito Covid-19. A taxa de transmissão do Paraná é a pior do País, está em 1,14 nesse momento, enquanto a média nacional é de 1,03. O indicador acima de 1 significa transmissão acelerada da doença.

A Secretaria de Estado da Saúde do Paraná também resolveu suspender novamente a realização de procedimentos cirúrgicos eletivos hospitalares, no âmbito público e privado, em toda a rede hospitalar do Paraná. A medida terá validade de 30 dias a partir desta quarta-feira. O documento reforça que os procedimentos de cardiologia, oncologia, nefrologia, e demais exames e procedimentos considerados de urgência e emergência, não serão afetados. Um dos motivos, segundo o secretário de Saúde Beto Preto, é o fato de o estoque de medicamentos do kit de intubação para atendimento aos pacientes com coronavírus estar baixo. Ele também citou que os leitos estão praticamente lotados e os profissionais estão esgotados.

Fonte: Aerp.

Nenhum comentário:

Postar um comentário